Poesia – “Amigos bons, brinquedos ruins” | Tomás Casarin Caldeira

tomas-casarin-caldeira

O aluno do 6º ano da Escola Guedes de Azevedo, Tomás Casarin Caldeira, escreveu para o Show de Talentos realizado na escola no dia 7 de novembro, a poesia: “Amigos bons, brinquedos ruins”. 

Leia e se emocione:

Já parou para pensar

Nos brinquedos que a vida nos dá?

Nos amigos ao lado da gente

Que são fortes e resistentes.

 

Tal como uma amizade bem fabricada,

Trabalhada com harmonia,

Assim como os brinquedos

Que nos dão alegria.

 

Se deixar um brinquedo cair

E este quebrar,

Verá que a amizade

Não ia mesmo durar.

 

Mas se forte ele permanecer,

Um amigo fiel você vai ter,

E uma rica amizade vai prevalecer.

 

Então, não dê valor ao brinquedo

Que em massa foi fabricado,

E que por vários países foi exportado,

E sim, ao brinquedo que com amor foi trabalhado.

 

Aquele brinquedo que sempre estará ao seu lado,

Assim como você traz luz ao dia,

E traz calma para a noite

Iluminando com esplendor todos ao seu redor,

Transformando tristeza em felicidade,

Tratando todos com amor e igualdade.

Tomás Casarin Caldeira – Aluno do 6º da Escola Guedes de Azevedo

Next

1 Comment:

  • Daniele Maria Gandara Casarin / Responder

    Amado Tomás,
    Você me fez pensar…
    Somos fortes e resistentes, forjados no amor.
    E forte nosso vínculo permanece, apesar do brinquedo ter as marcas da vida, e estar longe dos olhos, ele está perto do coração lembrado com carinho.
    Estarei sempre aqui pra você e seu irmão João.
    Vocês são D+
    Tia Dani

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Categorias